sábado, 4 de junho de 2011

Dia 05: Enxergando a vida do ponto de vista de Deus

Como já dizia o escritor Leonardo Boff: "Todo ponto de vista, é a vista de um ponto". E quando olhamos para nossa vida, estamos vendo a vista de um ponto. Nem sempre nos lembramos que existem outros pontos de vista sobre nossa vida, e o mais importante: existe o ponto de vista de Deus.

Deus é um pai amoroso que olha nossa vida com carinho, mas tenta a todo momento nos preparar para o futuro. Essa preparação vem através de testes, que servem para desenvolver e moldar o nosso caráter.

As vezes, passamos nos testes, mas as vezes erramos feio e somos reprovados. Caras como Davi, que foi descrito como "Homem segundo o coração de Deus", foi reprovado em alguns testes. Ele foi moldado nos acertos e nos erros.

O legal é que Deus é muito bom. Ele quer que a gente passe nos testes! Então, nunca nos prova com mais do que possamos aguentar. "Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar."  1Corintios 10:13

A medida que crescemos na fé, nossos testes ganham um nível a mais de dificuldade. Isso me lembra a célebre frase do Tio Ben, do Peter Parker, antes de morrer no filme Homem Aranha 1: "Um grande poder exige uma grande responsabilidade". E é mais ou menos assim, quanto mais Deus nos dá e suportamos, maior fica o nível das dificuldades por que Ele sabe que podemos aguentar um pouco mais.

Mas e quando não aguentamos? E quando erramos feio?
Aí, é hora de joelho no chão, expressão de arrependimento, e volta por cima. É hora de aprendermos com o erro, e voltarmos ao caminho certo para sermos testados novamente, e agora, com mais atenção, passarmos no teste.

A pergunta reflexiva de hoje é: O que me aconteceu recentemente que agora percebo ter sido um teste de Deus? Quais as questões mais importantes que Deus me confiou?

Um comentário:

Veruska Luana Ramos de Moura disse...

Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor.
Eclesiastes 1:18